Home / Pr. Manoel Antônio / VOCÊ TEM SAPINHO NA BOCA?

VOCÊ TEM SAPINHO NA BOCA?

Assim também a língua é um pequeno membro,
mas pode gloriar-se de grandes coisas.
Considerai como uma pequena chama pode incendiar uma grande floresta!
Também a língua é um fogo, um mundo de iniqüidade.
A língua está entre os nossos membros e contamina todo o corpo;
e sendo inflamada pelo inferno, incendeia o curso da nossa vida.
Tiago 3:5-6

Na minha infância muito ouvi falar sobre crianças com sapinho na boca. Achava engraçada esta expressão, pois, como a criança é muito literalista, imaginava uns pequenos sapos querendo pular da boca de algumas crianças. Na verdade, sapinho na boca é uma infecção chamada clinicamente de candidíase oral, provocada por um fungo, e que afeta a base da língua e as amígdalas, dentre outras partes da cavidade bucal. E como infecção precisa de tratamento médico. Pretendo nesta breve meditação pensar acerca do uso que fazemos da língua em nossas conversas no dia a dia. Infelizmente algumas pessoas fazem mau uso desta parte tão pequena do nosso corpo, porém, possuidora de um poder que pode ser devastador, como afirmou Tiago.

O famoso filósofo Sócrates aconselhava três atitudes antes de alguém querer contar-lhe alguma coisa. Ele perguntava se o que estava para ser dito tinha passado pelos três coadores: o coador da verdade: “você tem certeza de que é verdadeiro o que vai dizer?”; o coador da bondade: “Será pelo menos, bom o que você está para falar?” e, o coador da utilidade: “O que você vai contar é útil em quê?”. Se nós nos esforçássemos em falar sempre a verdade, o que é bom e útil, e deixássemos de lado as conversas indecentes, as tolices e a maledicência evitaríamos muitos males. Teríamos mais amizades e os relacionamentos interpessoais seriam muito melhores.

Mas, por que muitos usam tão mal a sua língua? Por que a transformam em lanças pontiagudas para magoarem, ferirem e separarem as pessoas? O Senhor Jesus apresentou algumas razões para isso ao afirmar que “de dentro do coração dos homens é que procedem os maus desígnios…” (Mt. 7:21-23). Portanto, O MAU USO DA LÍNGUA É PRIMEIRAMENTE UM PROBLEMA QUE NASCE NO INTERIOR DO CORAÇÃO que ainda não foi santificado pelo Senhor. Um coração ácido, doente, contaminado pela maldade, pela maledicência, pelo ciúme e pela inveja. A língua apenas expressa em palavras o que este coração doentio mantém acumulado em suas profundezas, pois o Senhor Jesus declarou que “a boca fala do que está cheio o coração” (Mt. 12:34). Esta verdade é tão grave que o salmista reconhecia quão perigosa era a sua língua e orou ao Senhor para que “colocasse guarda em sua boca e vigiasse os porta de seus lábios” (Sl. 141:3). O QUE GUARDA A SUA BOCA E A SUA LÍNGUA GUARDA A SUA ALMA DAS ANGÚSTIAS” (Pv. 21:3).

Concluindo, não seria exagero meu dizer que na boca de algumas pessoas não reside apenas ‘sapinhos’. Infelizmente encontramos um verdadeiro zoológico com espécies ferozes saltitando na língua de pessoas que insistem em ser agressivas em sua maneira de falar. Há muitos bichos corroendo a boca de pessoas cujo coração precisam ser transformados pelo Senhor. Cuidado com sapinho da maledicência, que olha para o outro atribuindo maldade em tudo o que aquela pessoa diz ou faz. Se livre daquele sapo enorme, quem sabe, um ‘cururu da fofoca’, onde a vida dos outros incomoda o seu coração. Se liberte das palavras duras e agressivas que, além de ferir, também afasta as pessoas de você.

Existe algum sapinho em sua boca? Como Isaías fez, peça ao Senhor que toque em seus lábios com brasas tiradas do altar divino (Is. 6). Desta maneira, seus lábios serão purificados. “SOBRE TUDO O QUE SE DEVE GUARDAR, GUARDA O TEU CORAÇÃO, PORQUE DELE PROCEDEM AS FONTES DE VIDA” (Pv. 4:23).

Que seu dia seja abençoado pelo Senhor! Que você seja uma bênção!

Pr. Manoel Antonio
Pastor da Segunda Igreja Congregacional de Campina Grande-PB
Wattsapp 83 98700-0490

Veja Também

OLHANDO NA DIREÇÃO CERTA

“Olhando para Jesus, Autor e Consumador da fé…” Hebreus 12:2 Não existe nada mais expressivo ...