Home / Pr. Manoel Antônio / VIVENDO SEM AMARGURA!

VIVENDO SEM AMARGURA!

Gn 49:22

“Viver é lutar. A vida é combate, que aos fracos abate. Que os fortes, os bravos só pode exaltar.” Estas palavras do poeta Gonçalves Dias a princípio pode soar um tanto agressivo. A razão disso reside no fato de que muitos idealizam o viver como um experiência imune aos dissabores e desventuras. Porém, a realidade do existir é completamente diferente. Viver é, primeiramente uma graça divina, um dom concedido pelo Criador. No entanto, este viver também implica em sujeitar-se não apenas às coisas boas, mas também às aventuras que o existir nos impõe. Portanto, precisamos aprender a lidar corretamente com as circunstâncias desagradáveis que surgem em nossas vidas. Neste aspecto, encontramos pessoas com as mais diferentes reações frente às lutas que enfrentam em seu cotidiano. Há aquelas que vivem a reclamar da vida, da ‘sorte’, ‘triste sorte’. Outras preferem atribuir a culpa de seus problemas a causas externas. Culpam a Deus pela falta de oportunidade, pelo status social que possui, por terem nascido em tal lugar, dentro de tal família. Enquanto que outros ainda culpabilizam o próximo e a sociedade por seus problemas. Mas, existem pessoas que vivem a vida de forma saudável. Sabem que estão sujeitas a toda sorte de experiências, e enfrentam as tempestades de modo positivo.

Quando olhamos para José vemos um jovem cheio de problemas e complicações em sua adolescência: Em casa, odiado pelos irmãos, por causa do ciúme destes; foi vendido como escravo, embora sendo filho de um próspero fazendeiro. Tratado como mercadoria de feira pelos seus próprios irmãos, e mais tarde no Egito, vendido da mesma maneira. No Egito, a princípio teve um pouco de sorte. Tornou-se mordomo de um homem rico, mas parecia que sua sorte era muito passageira: quando tudo parecia estar dando certo em sua vida, foi acusado de atentar contra o pudor da esposa de seu patrão, acusação esta que o levou de volta a ‘estaca zero’, a uma prisão.

Que surpresas a vida parecia ter preparado para José! Olhando pelo prisma destes acontecimentos José tinha tudo para ser uma pessoa frustrada, amargurada, infeliz e rancorosa. Um indivíduo que não acreditasse nas coisas boas nem em ninguém. No entanto, a bíblia nos fala de um José sonhador, de um homem que era capaz de crer contra as circunstâncias desfavoráveis. Que apesar de tudo, ainda esperava o melhor da vida e das pessoas. Qual seria o seu segredo?

O texto acima nos apresenta a razão que justifica a atitude de José diante dos dissabores que a vida lhe apresentou: “ELE ERA UM RAMO FRUTÍFERO, UM RAMO FRUTÍFERO JUNTO À FONTE.”

Esta fonte era o que nutria a alma deste servo de Deus. Embora tivesse enfrentado as dores da rejeição, da calúnia e do abandono, não permitiu que sua alma ficasse ácida, poluída com o ódio e o rancor. Preferiu abastecer seu coração com a fonte da Água da Vida.

Esta fonte também capacitou José a produzir excelentes frutos independente do clima ou do solo em que se encontrava. Mesmo no Egito, depois de ter passado por agruras terríveis podemos encontrar um José perdoador, generoso para com sua família, agradável para com o povo egípcio que o recebeu como escravo, que o tratou como mercadoria.

De que fonte você tem abastecido a sua alma? Qual é a fonte que nutre o seu coração, seus sentimentos, suas emoções? À semelhança de José, o profeta Jeremias declarou: “Bendito o homem que confia no Senhor, e cuja confiança é o Senhor. Porque será como a árvore plantada junto às águas, que estende as suas raízes para o ribeiro, e não receia quando vem o calor, mas a sua folha fica verde; e no ano de sequidão não se afadiga, nem deixa de dar fruto” (Jr. 17:7-8). O Senhor Jesus disse à mulher samaritana: “quem beber da água que Eu lhe der nunca mais terá sede, porque a água que Eu lhe der se fará nele uma fonte a jorrar para a vida eterna” (Jó. 4). Em outra ocasião o Senhor convidou os de alma atribulada: “Quem tem sede venha a mim e beba. Como diz as Escrituras, rios de água viva fluirão de seu interior.”

Tenha um dia abençoado pelo Senhor!

Pr. Manoel Antonio
Pastor da Segunda Igreja Congregacional de Campina Grande-PB
Wattsapp 83 98700-0490

(Se você foi abençoado com esta palavra, compartilhe, e não altere a autoria) 

Veja Também

OLHANDO NA DIREÇÃO CERTA

“Olhando para Jesus, Autor e Consumador da fé…” Hebreus 12:2 Não existe nada mais expressivo ...