Home / Notícias / Livros escolares do Paquistão denigrem publicamente a imagem dos cristãos

Livros escolares do Paquistão denigrem publicamente a imagem dos cristãos

JalozaiSchoolBoysInsideSDSC_0099-cc-563x353Os livros didáticos adotados nas escolas do Paquistão estão apresentando uma postura de antagonismo aos cristãos e outras minorias religiosas do país. Essa é a conclusão de uma pesquisa, patrocinada pela Comissão Norte-Americana para a Liberdade Religiosa Internacional.

Segundo o portal Christian Headlines, esse antagonismo aparece na representação estereotipada dessas minorias. “A tendência de um currículo mais parcial e contrário às minorias religiosas está se acelerando”, diz o relatório da pesquisa. “Os estereótipos grosseiros e generalizados das comunidades religiosas minoritárias sugerem que estas são pouco confiáveis, inferiores em termos de religião, e ideologicamente astutos e intolerantes.”

O motivo para a escolha dos livros escolares como fonte para essa pesquisa foi o fato de que eles expressam a política governamental. “Livros didáticos representam as perspectivas políticas e as ideologias nacionais dos sistemas educacional e governamental como um todo. Enquanto tais, os livros didáticos são um dos principais indicadores das perspectivas oficial e popular sobre as comunidades culturais e políticas que eles descrevem, tanto em palavras quanto em imagens”, diz o relatório.

Para a pesquisa, foram escolhidos 78 livros didáticos, usados com estudantes de nível fundamental em várias cidades paquistanesas. O Paquistão possui mais de 260 mil escolas, nas quais mais de 1,5 milhão de professores ensinam 41 milhões de estudantes.

O desrespeito e ofensas aos cristãos e outras minorias nos livros violam a Constituição do país. “[Os livros didáticos] continuam a violar os direitos constitucionais das minorias religiosas ao integrar a ideologia islâmica a mais disciplinas, e ao promover uma identidade nacional islâmica, denegrindo as crianças hindus, cristãs e sikh”, concluiu.

Por Mariana Gouveia

Foto: rescue.org

Veja Também

Igreja Episcopal da Escócia aprova casamento gay

A Igreja Episcopal da Escócia decidiu na última semana, reconhecer e oficializar casamentos entre pessoas ...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.