Home / Saúde / Fascite plantar: Uma dor que atrapalha sua caminhada

Fascite plantar: Uma dor que atrapalha sua caminhada

Se você ainda não sentiu essa dor, não faz ideia de como é chata e incômoda.

Trata-se de uma dor na sola no pé, bem próxima ao calcanhar, que atrapalha muito o simples caminhar. Normalmente ela é pior pela manhã, logo que levantamos da cama e tentamos colocar os pés no chão, mas ela pode também incomodar o restante do dia.

Alguns fatores contribuem muito para o surgimento desta inflamação:

  • 1. Sobrepeso

    Nossos pés carregam por todo o dia o peso de nosso corpo, e quanto maior for o peso maior o esforço que ele tem que fazer a cada passo que damos. De certo você já sabia que o sobrepeso faz mal para uma série de órgãos em seu corpo, mas já pensou que seus pés também sofrem com isso?

  • 2. Muito tempo em pé

    Há profissionais que passam o dia inteiro em pé, sejam eles médicos, professores, vendedores e tantos outros, esse tempo exagerado em pé faz com que não haja um relaxamento muscular da fáscia plantar, músculo de nossos pés, e com o passar do tempo ele acaba inflamando e ocasionando a dor.

  • 3. Sapatos inadequados

    Ficamos muitas vezes encantados pela beleza de alguns calçados e acabamos investindo um valor muito alto neles, mas precisamos, quando escolhermos um sapato, estar bem atentos ao conforto que ele proporciona. Calçados com sola que não proporcionam o apoio adequado aos pés são, segundo os especialistas, um dos fatores que contribuem para a fascite plantar.

  • 4. Longas caminhadas

    Caminhar longas distancias também pode contribuir para esta inflamação. Se tiver a certeza de que vai precisar andar bastante naquele dia, procure se precaver utilizando calçados confortáveis para evitar qualquer problema posterior.

    Mas, se você já sofre com as dores da fascite plantar e passa o dia com este incômodo, o ideal e recomendado é que busque ajuda médica. O especialista vai lhe indicar o tratamento mais adequado para o seu caso.

    Dentre os tratamentos para esta inflamação estão o uso de analgésicos (e algumas vezes até mesmo anti-inflamatórios) para colaborar com o alívio da dor, além de sessões de fisioterapia, para fortalecimento da musculatura e consequente melhora do quadro.

    Seu médico também lhe indicará os melhores tipos de calçados a serem utilizados em seu dia a dia e alguns alongamentos que você poderá, sozinha, fazer pela manhã antes de dar seus primeiros passos.

    Depois de seguir todas as coisas que seu médico lhe orientar, continue cuidando para evitar os fatores que levam à inflamação novamente e caminhe tranquilamente.

Fonte: Família

Veja Também

Alimentação na gravidez: O que você não deve ingerir

A gravidez, embora não seja doença, exige alguns cuidados da futura mamãe com a sua ...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.