Home / Casamento / 5 erros que marcam profundamente seu casamento

5 erros que marcam profundamente seu casamento

No início de um casamento a paixão é grande e isso, de alguma forma, facilita o dia a dia do casal. Entretanto, ao longo dos anos, a rotina começa a incomodar, a gente passa a enxergar os defeitos da pessoa amada e as opiniões nem sempre vão coincidir, com isso, o amor começa a esfriar e se não houver o respeito, a paciência e a disponibilidade de lidar com as diferenças existentes entre ambos, nem o maior amor do mundo vai ser suficiente para manter um relacionamento saudável.

Por esse motivo é preciso ter cuidado, já que muitas vezes, ainda que a intenção seja a melhor possível, ao agir impulsivamente tentando melhorar a relação, alcançamos o efeito contrário, incorrendo em erros bobos, mas frequentes. Então, se você não quer correr riscos de deixar uma marca negativa no seu casamento, preste atenção a estes erros que podem fazer mal para a sua relação.

  • 1. Expor a privacidade do casal

    É preciso saber a dose certa de privacidade necessária para um casal. Expor tudo que acontece em seu relacionamento, para todo mundo, pode ser extremamente perigoso. Se vocês tiverem o hábito de sempre contar as conquistas alcançadas, muitas pessoas, sem querer, podem sentir inveja e com isso, desarmonizar o lar de vocês.

    Por outro lado, se todos os problemas e pequenas brigas do casal forem expostos sem qualquer critério, as pessoas vão se sentir no direito de palpitar no seu relacionamento. E aí, em um momento de crise, você pode acabar sendo influenciada por pessoas erradas. Dessa forma, o melhor a se fazer é resguardar a relação.

  • 2. Focar em expectativas não realistas

    Muitas vezes idealizamos o relacionamento perfeito e esquecemos que a perfeição não existe, já que somos cheios de erros e acertos. Se criamos a expectativa de que o nosso cônjuge vai ser exatamente o que desejamos, aumentam as chances de nos decepcionarmos. O ideal é aceitar os defeitos da pessoa que amamos e entender que ao encontrar a nossa própria satisfação não dependeremos do outro para ser feliz, afinal a verdadeira felicidade é aquela construída diariamente.

  • 3. Cultivar o ressentimento

    O ressentimento começa nas pequenas atitudes que não concordamos em nosso parceiro, como uma toalha molhada que fica largada em cima da cama ou uma frase falada em um tom diferente do que esperávamos, e aos poucos, vai tomando uma proporção maior do que deveria. Devemos estar sempre atentos, porque nem sempre percebemos que estamos ressentidos com alguma situação e vamos alimentando esse ressentimento a cada atitude do outro que nos desagrada. Por isso, se alguma coisa não lhe agradar, respire fundo e trate do assunto diretamente com a pessoa envolvida, da maneira mais leve possível.

  • 4. Não dialogar

    A conversa é o melhor caminho para o entendimento entre duas pessoas. Através dela expressamos o que sentimos, buscamos soluções, pontuamos o que nos agrada ou não. Por isso, apenas através do diálogo será possível que o casal saiba o que esperar da relação e como agradar um ao outro.

  • 5. Não demonstrar gratidão

    Muitas vezes a briga entre o casal acontece por alguma coisa que um dos dois fez e não agradou ao outro, entretanto, algumas brigas acontecem porque nos esquecemos de expressar a satisfação que sentimos em relação às coisas boas que a outra pessoa fez. Sempre esperamos o reconhecimento de quem amamos. Por isso, não se esqueça de separar um tempo para dar um abraço ou beijo de agradecimento. Essa simples atitude, pode trazer grandes resultados.

Fonte: Família

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.